Sábado, 23 de Maio de 2020

Para voar.

Para voar.

Por Talita Rebello.

a 23 de maio de 2020. 

 
 
.
 
 
 

 
 

Em uma propaganda, ouvi: 
Nosso foco era o espaço, queríamos conquistá-lo, mas, quanto mais alto subíamos, mais bonita era a visão da Terra. Era o que havia de mais bonito para se ver lá de cima. De qualquer ângulo, a qualquer momento. Os mares, as nuvens, os continentes se iluminando com o cair da noite. 

Qualquer que seja a busca exterior, em algum momento, ela vai nos direcionar ao interior. 

Podemos adquirir todo tipo de conhecimento, mas, quando o calo aperta, não é a mente, mas o corpo emocional que toma a dianteira. 

O corpo que ficou sufocado. 

O corpo que abriga a criança que não foi capaz de compreender as experiências pela qual passou. 

O corpo que oculta o medo da rejeição, o medo do abandono, o medo da deslealdade. 

O corpo que abriga uma parte tão grande de nós, a ponto de parecer que não nos conhecemos quando observamos as nossas reações em situações de grande estresse. 

Acredite, ele é completamente capaz de eclipsar a racionalidade.  

Assim como a Terra, somos internamente ricos e podemos passar uma vida inteira descobrindo a nós mesmos. 

Não falo, apenas, em dar vazão ao que ficou registrado no inconsciente. 

Falo em descobrir potencialidades, as muitas formas por meio das quais podemos nos expressar no mundo. 

Falo em, de fato, colocar em prática tudo o que lemos e aprendemos. A cada pequena escolha. 

Falo em sermos os senhores do hoje, em vez de sermos as vítimas de um passado, de uma pessoa ou de um fato. 

Podemos e devemos reconhecer as nossas fraquezas, os nossos erros, os nossos excessos. Mas não podemos caminhar temendo os resultados das escolhas que, hoje, nos parecem equivocadas. 

Se ontem eu exagerei e comi demais, fazer o que? Essas calorias já estão dentro de mim. 

Posso me exercitar. Posso escolher alimentos mais leves e naturais. Posso, até mesmo, gravar esse sentimento como um alerta para não mais repetir. 

Mas de nada me serve ficar inerte, arrependida e culpada pelo que já está feito. 

São as ações posteriores que vão dizer se esse equívoco permanecerá acumulado no meu corpo, ou se ele será dissolvido por escolhas melhores e mais conscientes. 

Plantar o que deseja colher. Hoje. 

Que a culpa e o arrependimento (sentimentos que, sim, existem) nos sirvam de freio enquanto forem necessários. Enquanto não formos capazes de reconstruir nossos hábitos (e o nosso conhecimento for apenas mental, não estiver gravado nas nossas células). 

Um lembrete, não um cimento com o qual pavimentamos o caminho a seguir. Chegará um dia em que deixarão de existir, em que simplesmente cairão no esquecimento por não serem mais necessários. 

Em breve, nosso futuro estará permeado por colheitas seguras. 

Podemos, sim, contar conosco e é seguro estar nesse corpo. 

Então, sairemos da nossa própria órbita e rumaremos ao espaço exterior, apenas para nos olharmos de fora, para admirarmos as nossas próprias construções, para tentarmos compreender um panorama mais expandido das situações que se apresentam. 

Jamais em fuga. 

Jamais distraídos. 

Apenas determinados a ser livres. 
 
 
Talita Rebello


Agradecimentos a:  
 

Site Pincipal: http://achama.biz.ly/
 
 
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
BitChute Channel do Jordan Sather




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


esoterismo


 
publicado por achama às 18:16
link | comentar | favorito
Quarta-feira, 20 de Maio de 2020

Um sonho. Uma chance.

Um sonho. Uma chance.

Por Talita Rebello.

a 16 de maio de 2020. 

 
 
.
 
 
 

 
 

Eu estava em pé naquela colina... e era a única.  
 
Lembro que eu vestia uma espécie de armadura, segurava uma espada e estava em posição de defesa 
 
Cansada, mas disposta a lutar.  
 
Não havia mais ninguém lá. Apenas corpos caídos por todos os lados. 
 
Um olhar mais demorado mostrou-me que aqueles corpos deitados eram todos meus.  
Cada um deles. 
 
À esquerda havia um portão. Ele não era físico e não tocava o chão, mas eu o via com clareza 
 
Aquele era o cemitério de mim.  
 
O que eu fazia lá? Por que eu velava meus próprios cadáveres? Qual era a história que eu tentava defender? 
 
Recebi um forte impulso forte para sair de lá, mas algo me conteve: como vou deixar meus corpos aqui 
 
Começou um burburinho. 
 
Eu ouvia a minha própria voz vindo de todos os lados:  
 
por favor, vá! 
você é a única que ainda pode seguir, faça isso por nós! 
viva e viva por todas nós! 
 
Cada frase criava uma onda de impacto capaz de mover o meu corpo. Em determinado ponto, cheia de estímulo, de força e de vida, com passos acelerados, eu passei pelo portão. 
 
Ficaram para trás as histórias de dor, os vínculos criados na inconsciência. 
 
Ficaram para trás as vítimas que não faziam mais do que manter acorrentados os seus malfeitores. 
 
Ficaram para trás as agressoras embrutecidas pelo arrependimento. 
 
Ficaram para trás os círculos viciosos, os extremos que demandavam alternância. 
 
Muito mais que leveza, o sentimento era de puro vazio. 
 
Eu liberto todos os seres que já conviveram comigo do meu anseio por justiça. 
 
Eu me liberto do medo de recompor as minhas falhas com o sofrimento. 
 
Eu liberto o agressor. 
 
Eu liberto a vítima. 
 
 
Talita Rebello


Agradecimentos a:  
 

Site Pincipal: http://achama.biz.ly/
 
 
 
 
Para outros artigos espirituais e denúncias por favor visite:
 
BitChute Channel do Jordan Sather




Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.
A religião organizada é desnecessária à espiritualidade.
Excelentes ensinamentos dos mestres têm sido contaminados pelo controle dogmático dessas religiões.
Discernimento sim; julgamento não.
Com discernimento é possível alcançar o espírito da letra de qualquer escritura e é também bem mais fácil escutar a voz da alma que vem do coração.
 

 
Por favor, respeitem todos os créditos


Recomenda-se o discernimento.

 
Todos os artigos são da responsabilidade do respetivos autores ou editores

 

Nenhum credo religioso ou político é defendido aqui.

 

Individualmete pode-se ser ajudado a encontrar a própria Verdade que é diferente a cada um de nós.

 

 
Atualização diária.
 
Free counters!



geoglobe1


 


esoterismo


 
publicado por achama às 11:23
link | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Junho 2020

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
15
16
17
18
19
20

21
22
23
24
25
26
27

28
29
30


.posts recentes

. Para voar.

. Um sonho. Uma chance.

.arquivos

. Junho 2020

. Maio 2020

. Abril 2020

. Fevereiro 2020

. Janeiro 2020

. Novembro 2019

. Junho 2019

. Maio 2019

. Janeiro 2019

. Dezembro 2018

. Janeiro 2018

. Agosto 2017

. Julho 2017

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Janeiro 2015

. Outubro 2014

. Agosto 2014

. Julho 2014

. Maio 2014

. Abril 2014

. Dezembro 2013

. Março 2013

. Janeiro 2013

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds